O nosso foco é VOCÊ!

Gelo ou bolsa de água quente.

O tipo de lesão determina qual o melhor tratamento.
 
Não importa qual o esporte você pratica, basta sofrer uma lesão que, logo de cara, algum companheiro vai falar: “coloca gelo que melhora”. Mas não vai demorar muito para surgir outro “entendido” no assunto e afirmar: “o melhor neste caso é usar uma bolsa de água quente”. Pronto! Está formada a confusão sobre qual é o melhor tipo de tratamento para uma simples contusão.

“Até hoje, este assunto ainda é bastante controverso nos livros e na ciência. Mesmo entre os especialistas ainda não existe um consenso geral”, afirmou o dr. José Marques Neto, ortopedista da Clínica Paulista do Esporte.

Gelo
A aplicação de frio para o tratamento de lesões é chamada de crioterapia, e já era utilizada pelos gregos e romanos antigos em diversos problemas médicos. Mas o gelo só passou a ser adotado com freqüência nas contusões esportivas a partir dos anos de 1970, e é indicado para os casos de lesões e estiramentos musculares, pancadas, entorses, inflamações e luxações.

“Não existe uma contusão específica que se deve aplicar gelo. Ele pode ser utilizado em qualquer tipo de trauma agudo. De preferência, logo após a lesão, ou o mais rápido possível” disse Cláudio Godoy Bertazzoni, fisioterapeuta e diretor do Centro de Fisioterapia e Esporte, que indicou a aplicação de gelo de 15 a 30 minutos diretamente sobre o local lesionado a cada duas horas nos três primeiros dias. “É preciso levar em conta a área tratada, a espessura do tecido adiposo e a massa muscular da zona alvo. Em locais mais sensíveis e com pouca gordura, como os pés e as mãos, não se deve prolongar muito além dos 15 minutos”, completou.

Métodos
Existem diversas formas de se aplicar o gelo, mais uma das maneiras mais práticas e eficientes é colocá-lo em uma sacola plástica, pois dá para moldar no local lesionado. Porém, é preciso tomar alguns cuidados durante o tratamento. “O gelo não deve ser usado em feridas abertas. Quando o tratamento for feito de noite, a pessoa também precisa ficar atenta para não dormir, pois o contato excessivo com a pele pode provocar queimaduras e até lesões neurológicas”, alertou o dr. Neto.

Água quente
O tratamento com o calor é conhecido como termoterapia, e proporciona uma sensação mais agradável e confortável. Ele é indicado para aliviar dores musculares, e só pode ser adotado nas contusões provocadas pela prática do esporte, como estiramentos, pancadas, entorses, inflamações e luxações, quando já foi feito o tratamento com gelo e não existe mais inchaço ou edemas.

“O calor melhora a mobilidade e a elasticidade, mas não deve ser usado na fase aguda das lesões, pois a água quente proporciona uma maior vaso-dilatação no local e pode aumentar o edema e a dor”, afirmou Claudio, que orientou fazer a aplicação de água


 Voltar 

Rua Amaro Guerra, 143 - Chácara Santo Antonio - São Paulo/SP - (11) 5184-1003
Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Treino Online.